Quer aprofundar seus conhecimentos em mídias sociais?

Quando se trata de planejar conteúdo para as mídias sociais de empresas, muito se fala a respeito da frequência das publicações. É importante compreender que cada rede social tem um funcionamento diferente, e que quando o público acessa diferentes redes ele tem expectativas diversas, por isso, a necessidade de publicar mais de uma vez ao dia ou apenas algumas vezes na semana varia.

Recentemente o Hubspot analisou publicações de mais de 10 mil empresas, sendo 15 mil posts em LinkedIn, 25 mil posts em páginas de Facebook e quase 60 mil posts no Twitter. Vamos ver o que eles descobriram?

Twitter

Na análise realizada ficou claro que o horário do dia e o dia da semana em que se publica não altera significativamente o alcance e as interações com os tweets.

O que isso quer dizer?

Que você precisa focar na qualidade do conteúdo e não no dia / horário quando se trata dessa rede.

No Twitter o ideal é publicar o máximo de vezes durante o dia. Uma conta com pelo menos 100 seguidores obtém entre 2,5 e 3 cliques por tweet, então vale aproveitar que o feed é um pouco mais cronológico que os das demais redes e publicar conteúdo de qualidade várias vezes ao dia.


LinkedIn

Como o LinkedIn é uma rede profissional, é perfeitamente normal verificar que o número de cliques diminui fora do horário comercial. Mesmo assim, durante o dia não há variação nas interações, ou seja: é mais importante focar na qualidade do conteúdo e não no horário de publicação.

Apesar de perceber que o número de cliques não varia no decorrer do horário comercial, o estudo aponta que nas terças e quartas-feiras acontecem mais interações nas publicações, provavelmente porque nas segundas está todo mundo focado em iniciar a semana colocando o trabalho em dia.

E quantas vezes publicar na semana?

A análise mostra que o envolvimento com as publicações diminui consideravelmente quando se ultrapassa a marca de 5 posts por semana (algo como 1 por dia útil). A principal razão disso provavelmente está ligada ao algoritmo do LinkedIn, programado para não exibir muitos posts de uma mesma empresa para o usuário.

O que isso quer dizer?

Que no LinkedIn você deve publicar conteúdo de qualidade no máximo 1 vez ao dia. Além disso, é importante observar que o máximo de performance nesta rede foi alcançado por páginas com 2 posts por semana, então você pode planejar entre 2 e 5 publicações.


Instagram

O Instagram é uma rede social com foco em imagem. O algoritmo dele é programado para exibir primeiro as publicações de perfis mais relevantes para o usuário, como explicamos neste post. Assim, mais do que focar na quantidade de publicações por dia, você deve focar na qualidade delas, para aumentar as interações dos seguidores com o seu perfil.

E quantas vezes publicar na semana?

Uma compilação de 14 estudos indica que o recomendado é publicar entre 1 e 2 vezes ao dia, sendo 3 o máximo. Grandes marcas, inclusive, tendem a publicar 1,5 vez ao dia, ou seja: nem todos os dias têm 2 publicações.

O que isso quer dizer?

Que você pode acalmar o coração e não precisa publicar todos os dias e nem publicar várias vezes ao dia. Tenha a certeza de que, se seu público foi construído de forma consistente, ele verá seus posts quando acessar o Instagram.

Um outro detalhe interessante a observar é que, se você tem muitas coisas para contar sobre a marca, pode usar os recursos de Stories e publicação em Carrossel (a versão do álbum para o Instagram). Esses formatos têm sido bem aceitos pelo público e você pode usá-los para não correr o risco de incomodar seus seguidores aparecendo a cada 15 minutos.


Facebook

Neste ponto você vai dizer “Eu já sabia”, mas vamos aos dados.

A maioria dos posts de páginas no Facebook não tem resultados expressivos de forma orgânica, e não se observa uma variação significativa em relação aos dias da semana ou horários do dia para publicar.

O estudo até aponta um possível aumento de resultados no começo da manhã e fim da noite, mas como não há um grande volume de publicações nesses horários não é possível obter dados definitivos. Os domingos parecem ser dias com mais interações, mas vale a pena observar a sessão de Informações da página para saber quando seu público está conectado à plataforma e tentar alcançá-lo nesses momentos.

E quantas vezes publicar na semana?

Na média as publicações feitas por páginas alcançam 0 cliques. Sim, exatamente isso: zero cliques. Apenas as melhores publicações conseguem romper a barreira do algoritmo e conquistar resultados orgânicos.

Apesar disso, é possível observar que, assim como no LinkedIn, o segundo post do dia canibaliza o primeiro. A razão é a mesma da outra rede, manter o conteúdo fresco e não repetitivo para o usuário e priorizar conteúdos novos.

No Facebook o ideal é publicar entre 2 e 5 vezes por semana e buscar aumentar o engajamento, visto que o algoritmo dá preferência de exibição para posts de páginas com seguidores ativos.

É hora de desistir do Facebook, então?

Não.

Quando se planeja conteúdo para um cliente em mídias sociais é importante levar em consideração alguns fatores, como as características do público e quais redes sociais ele usa. Não adianta ativar um perfil de Twitter se o consumidor da marca não usa essa rede, por exemplo. O mesmo vale para o LinkedIn, que é usado por pessoas em busca de vagas e aprimoramento profissional e acaba não sendo a melhor mídia social para todos os tipos de produtos e serviços.

Uma outra razão é o fato de muitas pessoas usarem o Facebook para saber o que está acontecendo com uma empresa, como horários de atendimento, novidades de produtos, promoções, etc., o que torna necessário manter uma presença constante e bem formatada na rede.

Apesar da dificuldade de alcançar relevância no Facebook, ele ainda é uma rede social com alto ROI e possivelmente a que tem maior facilidade na criação de campanhas e mensuração de resultados.

Precisamos estar sempre atentos aos resultados dos nossos clientes e às novas possibilidades, como o Instagram, que tem trazidos resultados interessantes para as marcas.

E você, com que frequência publica nas páginas? Deixa um comentário e conta pra gente!

Quem escreveu este post?

Mariana Klein

Fundadora da Petit Mídias Sociais, Professora de Marketing Digital e Consultora de Mídias Sociais com mais de uma década de experiência.

Sou Mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é   Performance de Campanhas em Mídias Digitais (Social Ads, Google Ads, Native Ads), com mais de 250 clientes já atendidos em toda a América Latina.   Sou professora há quase 20 anos, atualmente na disciplina de  Marketing Digital na Especialização em Comunicação e Marketing Estratégico  (Faculdade Senac Porto Alegre) e na disciplina de  Métricas de Mídias Sociais no MBA em Mídias Sociais Digitais  (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS). 

Quem escreve o blog?

Oi, eu sou a Mariana Klein, fundadora da Petit Mídias Sociais.
Sou Mestre em Administração pela Univ. Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é Performance de Campanhas em Mídias Digitais, com 250+ clientes já atendidos na América Latina.
Sou professora (há 20~ anos), atualmente leciono as disciplinas de Marketing Digital e Métricas em Mídias Sociais em programas de Pós-Graduação  em Comunicação e Marketing Estratégico (Faculdade Senac Porto Alegre) e no MBA em Mídias Sociais (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS), respectivamente.

Instagram
Fazer 𝘂𝗺𝗮 𝗯𝗼𝗮 𝗹𝗶𝘀𝘁𝗮 𝗱𝗲 𝗲𝗺𝗮𝗶𝗹𝘀 é essencial para sua #EstratégiaDeEmailMarketing dar certo. Por isso, é preciso construí-la organicamente, com a autorização dos contatos, e fugir de artimanhas como a compra de listas prontas, que só trazem prejuízos.⁣
Com um bilhão de pessoas usando o Instagram todos os meses, ele é uma 𝗽𝗹𝗮𝘁𝗮𝗳𝗼𝗿𝗺𝗮 𝗰𝗼𝗺 𝗴𝗿𝗮𝗻𝗱𝗲 𝗽𝗼𝘁𝗲𝗻𝗰𝗶𝗮𝗹 𝗱𝗲 𝗥𝗢𝗜. Mas para colher os frutos, você não precisa apenas de um público, você precisa de envolvimento (comentários, compartilhamentos, curtidas, etc.).⁣
Mais uma vez o 𝐖𝐡𝐚𝐭𝐬𝐀𝐩𝐩 está no topo do ranking dos apps mais populares no Brasil. De acordo com os dados do Digital in Brazil 2021, do We Are Social e Hootsuite, ele é o 2° app mais usado por aqui - 91% das pessoas usam o app mensalmente. Ele fica atrás apenas do YouTube (96%). Depois deles estão o Facebook (89%) e o Instagram (86%).⁣
Muito mais que uma plataforma de compartilhamento de fotos, o Instagram lançou uma tonelada de 𝗿𝗲𝗰𝘂𝗿𝘀𝗼𝘀 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝗮𝗷𝘂𝗱𝗮𝗿 𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗮 𝘃𝗲𝗻𝗱𝗲𝗿 𝗱𝗶𝗿𝗲𝘁𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗱𝗼 𝗮𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝘁𝗶𝘃𝗼.⁣
Você sabia que ⅓ dos 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗦𝘁𝗼𝗿𝗶𝗲𝘀 mais vistos são de empresas? Que 50% 𝗱𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗻𝗼 𝗺𝘂𝗻𝗱𝗼 𝗶𝗻𝘁𝗲𝗶𝗿𝗼 𝗰𝗿𝗶𝗮𝗺 𝗽𝗲𝗹𝗼 𝗺𝗲𝗻𝗼𝘀 𝘂𝗺 𝘀𝘁𝗼𝗿𝘆 𝗽𝗼𝗿 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗹𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲? Que 96% dos profissionais de #Marketing entrevistados pelo Facebook nos EUA têm planos de continuar usando anúncios em histórias nos próximos seis meses?⁣
𝗖𝗵𝗲𝗴𝗮 𝗱𝗲 𝗳𝗶𝗰𝗮𝗿 𝗲𝗺 𝗽â𝗻𝗶𝗰𝗼 𝗰𝗼𝗺 𝗮𝘀 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗴𝗲𝗻𝘀 𝗿𝗲𝗰𝗲𝗯𝗶𝗱𝗮𝘀 𝗽𝗲𝗹𝗮𝘀 𝗿𝗲𝗱𝗲𝘀 𝘀𝗼𝗰𝗶𝗮𝗶𝘀! 😱 Mensagens automáticas podem te ajudar a conversar melhor com o consumidor, mas há alguns detalhes que você precisa considerar:⁣
É hora de deixar pra trás o "não faço ideia do que escrever". Você está preparada para criar anúncios, páginas de venda, posts e e-mails com base em dados e foco em conversão?
𝗤𝘂𝗮𝗹𝗾𝘂𝗲𝗿 𝗽𝗲𝗿𝗳𝗶𝗹 𝗽𝗼𝗱𝗲 𝘀𝗲 𝗶𝗻𝘀𝗰𝗿𝗲𝘃𝗲𝗿 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝘀𝗲𝗿 𝘃𝗲𝗿𝗶𝗳𝗶𝗰𝗮𝗱𝗼 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺. O processo de solicitação é até simples. 𝗦𝗲𝗿 𝗮𝗽𝗿𝗼𝘃𝗮𝗱𝗼 é 𝗼 𝗰𝗼𝗺𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝗱𝗼. Veja como solicitar o selo:⁣
Em dezembro/2020, principalmente na semana do Natal, a Knewin (empresa de monitoramento de notícias e #MídiasSociais) verificou os assuntos mais comentados no Twitter. Vem ver o que mais repercutiu.