Quer aprofundar seus conhecimentos em mídias sociais?

Para saber em quais plataformas de mídias sociais divulgar sua marca é importante considerar a demografia do seu público.

Já falamos sobre a Geração Z no blog (clique aqui para ler), com direito a 11 dados sobre os nascidos a partir dos anos 2000. Mas e as demais gerações, quais redes sociais usam e como esses hábitos definem suas decisões de compra?

Para alinharmos tudo antes de começar, chamamos de Baby Boomers aquelas apessoas nascidas após o fim da 2° Guerra Mundial.

A Geração X é formada pelos nascidos entre 1960 e 1980.

A Geração Y (também conhecidos como Millenials), são pessoas nascidas entre 1980 e 2000.

Por fim, a Geração Z é a dos nascidos a partir dos anos 2000.

75% dos millenials tomam decisões de compra influenciados pela presença de uma marca em mídias sociais.

Dependendo da geração, as pessoas passam mais do seu tempo em uma ou outra plataforma. De acordo com os dados da Animoto, essas são as plataformas com maior tempo de uso por cada grupo:

Geração Z: YouTube | Instagram (Feed e Stories) | Snapchat

Geração Y: YouTube | Facebook (Feed e Stories)

Geração X: YouTube | Facebook (Feed e Stories)

Baby Boomers: YouTube | Facebook (Feed)

De acordo com os dados do We Are Social + Hootsuite o YouTube é a plataforma mais usada no Brasil, 96% das pessoas acessam o site pelo menos uma vez por mês. Em seguida estão o Facebook (90%); WhatsApp (88%); e Instagram (79%).

O YouTube é a plataforma escolhida como apoio de decisão de compra da Geração Z, Millenials e Geração X.

Uma tendência que se observa, também, é a do vídeo como criativo de publicações e anúncios. Essa opção acaba influenciando a confiança dos consumidores em relação às marcas. 70% dos Millenials (Geração Y) confiam mais em marcas que publicam vídeos do que nas que não usam este formato. Nas demais gerações a parcela é menor mas, ainda assim, chama a atenção: 52% da Geração Z, 52% da Geração X e 38% dos Baby Boomers confiam mais em marcas que publicam vídeos sobre seus produtos.

Os Baby Boomers passam a maior parte do seu tempo no YouTube e Facebook.

As plataformas são usadas de formas diferentes pelas diferentes gerações. Para seguir marcas, a Geração Z prefere o Instagram, enquanto as Gerações X e Y preferem o Facebook. Para descobrir novos produtos, a Geração Z e a X recorrem ao YouTube, e os Millenials usam o Facebook. A decisão de compra, por sua vez, é influenciada pelo YouTube na Geração Z, Y e X.

E com o seu público, como você observa o uso das plataformas de mídias sociais?

Quem escreveu este post?

Mariana Klein

Fundadora da Petit Mídias Sociais, Professora de Marketing Digital e Consultora de Mídias Sociais com mais de uma década de experiência.

Sou Mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é   Performance de Campanhas em Mídias Digitais (Social Ads, Google Ads, Native Ads), com mais de 250 clientes já atendidos em toda a América Latina.   Sou professora há quase 20 anos, atualmente na disciplina de  Marketing Digital na Especialização em Comunicação e Marketing Estratégico  (Faculdade Senac Porto Alegre) e na disciplina de  Métricas de Mídias Sociais no MBA em Mídias Sociais Digitais  (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS). 

Instagram
Fazer 𝘂𝗺𝗮 𝗯𝗼𝗮 𝗹𝗶𝘀𝘁𝗮 𝗱𝗲 𝗲𝗺𝗮𝗶𝗹𝘀 é essencial para sua #EstratégiaDeEmailMarketing dar certo. Por isso, é preciso construí-la organicamente, com a autorização dos contatos, e fugir de artimanhas como a compra de listas prontas, que só trazem prejuízos.⁣
Com um bilhão de pessoas usando o Instagram todos os meses, ele é uma 𝗽𝗹𝗮𝘁𝗮𝗳𝗼𝗿𝗺𝗮 𝗰𝗼𝗺 𝗴𝗿𝗮𝗻𝗱𝗲 𝗽𝗼𝘁𝗲𝗻𝗰𝗶𝗮𝗹 𝗱𝗲 𝗥𝗢𝗜. Mas para colher os frutos, você não precisa apenas de um público, você precisa de envolvimento (comentários, compartilhamentos, curtidas, etc.).⁣
Mais uma vez o 𝐖𝐡𝐚𝐭𝐬𝐀𝐩𝐩 está no topo do ranking dos apps mais populares no Brasil. De acordo com os dados do Digital in Brazil 2021, do We Are Social e Hootsuite, ele é o 2° app mais usado por aqui - 91% das pessoas usam o app mensalmente. Ele fica atrás apenas do YouTube (96%). Depois deles estão o Facebook (89%) e o Instagram (86%).⁣
Muito mais que uma plataforma de compartilhamento de fotos, o Instagram lançou uma tonelada de 𝗿𝗲𝗰𝘂𝗿𝘀𝗼𝘀 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝗮𝗷𝘂𝗱𝗮𝗿 𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗮 𝘃𝗲𝗻𝗱𝗲𝗿 𝗱𝗶𝗿𝗲𝘁𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗱𝗼 𝗮𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝘁𝗶𝘃𝗼.⁣
Você sabia que ⅓ dos 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗦𝘁𝗼𝗿𝗶𝗲𝘀 mais vistos são de empresas? Que 50% 𝗱𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗻𝗼 𝗺𝘂𝗻𝗱𝗼 𝗶𝗻𝘁𝗲𝗶𝗿𝗼 𝗰𝗿𝗶𝗮𝗺 𝗽𝗲𝗹𝗼 𝗺𝗲𝗻𝗼𝘀 𝘂𝗺 𝘀𝘁𝗼𝗿𝘆 𝗽𝗼𝗿 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗹𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲? Que 96% dos profissionais de #Marketing entrevistados pelo Facebook nos EUA têm planos de continuar usando anúncios em histórias nos próximos seis meses?⁣
𝗖𝗵𝗲𝗴𝗮 𝗱𝗲 𝗳𝗶𝗰𝗮𝗿 𝗲𝗺 𝗽â𝗻𝗶𝗰𝗼 𝗰𝗼𝗺 𝗮𝘀 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗴𝗲𝗻𝘀 𝗿𝗲𝗰𝗲𝗯𝗶𝗱𝗮𝘀 𝗽𝗲𝗹𝗮𝘀 𝗿𝗲𝗱𝗲𝘀 𝘀𝗼𝗰𝗶𝗮𝗶𝘀! 😱 Mensagens automáticas podem te ajudar a conversar melhor com o consumidor, mas há alguns detalhes que você precisa considerar:⁣