Quer aprofundar seus conhecimentos em mídias sociais?

Sejamos diretos: os seus próximos clientes estão nas mídias sociais. Ao encontrá-los — e encantá-los — você pode aumentar o ROI das suas estratégias de marketing digital e levar a sua empresa para outro patamar, acima de seus concorrentes.

Não é à toa que gerar leads é o foco de 66% das marcas. Afinal, quem não deseja ter fãs incondicionais divulgando o nome da empresa e, mais, convertê-los em clientes reais?

A questão é: como converter o público-alvo em clientes em potencial? Como atrair e engajar essas pessoas? Em outras palavras, como gerar leads em mídias sociais? Continue conosco, neste post, trazemos algumas dicas para você.

O que é lead?

Antes de falarmos em como gerar leads, precisamos saber exatamente o que é um lead. De maneira bem simples e direta, lead é aquela pessoa que demonstra um real interesse nos produtos ou serviços que você tem a oferecer. São os seus potenciais clientes.

Um lead demonstra interesse na sua marca ao fornecer seus dados de contato preenchendo um formulário na sua landing page, assinando sua newsletter, baixando um e-book ou se inscrevendo para um curso gratuito, por exemplo. Ou seja, é uma pessoa que, mesmo não tendo comprado seus produtos e serviços, está atenta ao que você faz e deseja saber mais sobre o assunto que você domina.

Ela fornece seus dados de contato em troca de algum benefício que você esteja oferecendo. Dessa forma, ao conseguir o e-mail ou o telefone desse lead, você tem a possibilidade de nutrir uma relação com ele, enviando conteúdos relevantes no momento certo, engajando-o para avançar no funil de vendas para, finalmente, concretizar a venda.

Portanto, é a partir dos leads que a sua marca adquire uma rede de contatos qualificados, leva pessoas a realizarem conversões (compras ou engajamento), amplia os relacionamentos e consegue uma divulgação orgânica para o negócio.

Como gerar leads nas mídias sociais?

Você conhece alguém que gosta de receber ligações de telemarketing ou e-mails aleatórios sobre assuntos e negócios dos quais nunca ouviu falar ou não tem interesse? Provavelmente, sua resposta é não.

Esse tipo de abordagem tende a ser rejeitada ou ignorada em vez de ser aceita com satisfação. E a razão é muito simples: as pessoas não querem ser interrompidas, não querem perder tempo com o que não lhes interessa.

Por isso, as estratégias de inbound marketing — as que buscam interagir com o público em vez de obrigá-lo a consumir uma campanha — têm crescido e revolucionado a maneira como as pessoas adquirem produtos e serviços.

Nessas táticas de engajamento é preciso criar conteúdo rico e coerente, capaz de gerar leads para serem capturados, identificados, nutridos e qualificados.

Isso significa que existem outras maneiras de aumentar a geração de leads que não apenas direcionando o público para um formulário na landing page. Veja a seguir algumas dicas para isso.

Ofereça conteúdo gratuito de qualidade

O comportamento dos consumidores mudou e, hoje, as pessoas preferem adquirir mais conhecimento sobre os seus próprios problemas para, então, se aprofundar nas possíveis — e melhores — soluções para eles.

Ao oferecer conteúdos mais extensos e mais completos, você demonstra para sua persona a sua autoridade no seu nicho e estreita a relação com ela. Uma maneira de entregar esse tipo de conteúdo e conseguir os dados de contato do usuário é por meio de conteúdo escondido.

Isso mesmo: compartilhe links com conteúdo escondido que o público só pode ter acesso se fornecer seus dados. Muitas pessoas vão clicar na sua landing page sem acessar o conteúdo (talvez não estejam tão interessadas assim), mas, se o seu conteúdo for relevante e interessante o suficiente, você obterá sucesso.

Esse conteúdo pode ser:

  • e-books;

  • cursos gratuitos;

  • webinários;

  • infográficos;

  • templates;

  • planilhas;

  • checklists;

  • ferramentas.

Encontre quem está procurando você

De nada adianta criar e disponibilizar conteúdo de qualidade se as pessoas não encontram o que você oferece. Utilize as ferramentas da internet a seu favor e seja ativo na busca por quem está perguntando sobre o seu segmento.

Assim, monitore e crie alertas para palavras-chave do seu segmento, menções do nicho, dúvidas, etc.

Invista em SEM (Search Engine Marketing)

Mesmo havendo outros mecanismos de buscas, a maioria esmagadora das pessoas vai recorrer ao Google. Por isso, saiba quais são os seus critérios de ranqueamento e crie seus conteúdos com base em estratégias de SEO (Search Engine Optimization) e links patrocinados.

Anuncie em mídias sociais

As postagens orgânicas são segmentadas até certo ponto e os anúncios direcionados levam sua segmentação a outro nível. Portanto, a capacidade de gerar leads em grupos de clientes potenciais é muito maior. O uso de públicos-alvo altamente específicos para promover um conteúdo exclusivo é uma ótima maneira de manter baixos os custos de publicidade e, além disso, garante que os leads coletados sejam de qualidade.

O marketing de mídias sociais evoluiu para incluir, além da simples segmentação, ferramentas específicas para geração de leads em mídias sociais: formatos de anúncios criados para ajudar os profissionais do marketing a coletar leads diretamente nas redes sociais.

Assim, algumas ferramentas disponíveis são:

Faça uma pesquisa segmentada geograficamente

A maioria das empresas já sabe usar a segmentação geográfica para veicular suas postagens e anúncios nas mídias sociais para alcançar seu público-alvo mais próximo ao seu negócio. Mas poucas marcas aproveitam a pesquisa social segmentada geograficamente para descobrir leads locais.

Por exemplo, você pode usar esse tipo de a pesquisa para rastrear os tweets provenientes do local de uma conferência do setor, independentemente de você estar lá ou não. Assim, você pode entrar em contato com as pessoas que tweetaram do evento com uma oferta personalizada (como uma avaliação do seu aplicativo), ou apenas para dizer olá e estabelecer uma conexão para desenvolver ao longo do tempo.

Aí vão algumas ferramentas para você:

Não subestime o CTA

Não subestime o poder da Chamada para Ação (Call to Action – CTA). Cada conteúdo criado e disponibilizado pela sua marca deve ser pensado a partir de estratégias que atraiam os potenciais clientes e os conduzam no processo decisório. O CTA é uma parte fundamental do seu conteúdo para tornar um visitante um lead e deve, portanto, ser adequado e coerente com o conteúdo, direcionando os usuários a uma ação específica.

Por exemplo, em um post de blog o CTA pode guiar a persona a ler outros conteúdos relacionados. Ou ainda pode levar a assinar uma newsletter, preencher um formulário, ter acesso a um e-book, etc.

Muito bem, aí estão algumas dicas para você investir e gerar leads nas mídias sociais. Lembre-se que, após o contato com o lead, você precisa nutrir essa nova relação para estreitar os laços com o cliente e avançar no funil de vendas.


Quer ter uma compreensão ainda mais sólida sobre mídias sociais? Inscreva-se na nossa Formação em Social Media EAD e aprofunde seus conhecimentos!

Quem escreveu este post?

Mariana Klein

Fundadora da Petit Mídias Sociais, Professora de Marketing Digital e Consultora de Mídias Sociais com mais de uma década de experiência.

Sou Mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é   Performance de Campanhas em Mídias Digitais (Social Ads, Google Ads, Native Ads), com mais de 250 clientes já atendidos em toda a América Latina.   Sou professora há quase 20 anos, atualmente na disciplina de  Marketing Digital na Especialização em Comunicação e Marketing Estratégico  (Faculdade Senac Porto Alegre) e na disciplina de  Métricas de Mídias Sociais no MBA em Mídias Sociais Digitais  (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS). 

Quem escreve o blog?

Oi, eu sou a Mariana Klein, fundadora da Petit Mídias Sociais.
Sou Mestre em Administração pela Univ. Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é Performance de Campanhas em Mídias Digitais, com 250+ clientes já atendidos na América Latina.
Sou professora (há 20~ anos), atualmente leciono as disciplinas de Marketing Digital e Métricas em Mídias Sociais em programas de Pós-Graduação  em Comunicação e Marketing Estratégico (Faculdade Senac Porto Alegre) e no MBA em Mídias Sociais (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS), respectivamente.

Instagram
Fazer 𝘂𝗺𝗮 𝗯𝗼𝗮 𝗹𝗶𝘀𝘁𝗮 𝗱𝗲 𝗲𝗺𝗮𝗶𝗹𝘀 é essencial para sua #EstratégiaDeEmailMarketing dar certo. Por isso, é preciso construí-la organicamente, com a autorização dos contatos, e fugir de artimanhas como a compra de listas prontas, que só trazem prejuízos.⁣
Com um bilhão de pessoas usando o Instagram todos os meses, ele é uma 𝗽𝗹𝗮𝘁𝗮𝗳𝗼𝗿𝗺𝗮 𝗰𝗼𝗺 𝗴𝗿𝗮𝗻𝗱𝗲 𝗽𝗼𝘁𝗲𝗻𝗰𝗶𝗮𝗹 𝗱𝗲 𝗥𝗢𝗜. Mas para colher os frutos, você não precisa apenas de um público, você precisa de envolvimento (comentários, compartilhamentos, curtidas, etc.).⁣
Mais uma vez o 𝐖𝐡𝐚𝐭𝐬𝐀𝐩𝐩 está no topo do ranking dos apps mais populares no Brasil. De acordo com os dados do Digital in Brazil 2021, do We Are Social e Hootsuite, ele é o 2° app mais usado por aqui - 91% das pessoas usam o app mensalmente. Ele fica atrás apenas do YouTube (96%). Depois deles estão o Facebook (89%) e o Instagram (86%).⁣
Muito mais que uma plataforma de compartilhamento de fotos, o Instagram lançou uma tonelada de 𝗿𝗲𝗰𝘂𝗿𝘀𝗼𝘀 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝗮𝗷𝘂𝗱𝗮𝗿 𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗮 𝘃𝗲𝗻𝗱𝗲𝗿 𝗱𝗶𝗿𝗲𝘁𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗱𝗼 𝗮𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝘁𝗶𝘃𝗼.⁣
Você sabia que ⅓ dos 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗦𝘁𝗼𝗿𝗶𝗲𝘀 mais vistos são de empresas? Que 50% 𝗱𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗻𝗼 𝗺𝘂𝗻𝗱𝗼 𝗶𝗻𝘁𝗲𝗶𝗿𝗼 𝗰𝗿𝗶𝗮𝗺 𝗽𝗲𝗹𝗼 𝗺𝗲𝗻𝗼𝘀 𝘂𝗺 𝘀𝘁𝗼𝗿𝘆 𝗽𝗼𝗿 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗹𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲? Que 96% dos profissionais de #Marketing entrevistados pelo Facebook nos EUA têm planos de continuar usando anúncios em histórias nos próximos seis meses?⁣
𝗖𝗵𝗲𝗴𝗮 𝗱𝗲 𝗳𝗶𝗰𝗮𝗿 𝗲𝗺 𝗽â𝗻𝗶𝗰𝗼 𝗰𝗼𝗺 𝗮𝘀 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗴𝗲𝗻𝘀 𝗿𝗲𝗰𝗲𝗯𝗶𝗱𝗮𝘀 𝗽𝗲𝗹𝗮𝘀 𝗿𝗲𝗱𝗲𝘀 𝘀𝗼𝗰𝗶𝗮𝗶𝘀! 😱 Mensagens automáticas podem te ajudar a conversar melhor com o consumidor, mas há alguns detalhes que você precisa considerar:⁣
É hora de deixar pra trás o "não faço ideia do que escrever". Você está preparada para criar anúncios, páginas de venda, posts e e-mails com base em dados e foco em conversão?
𝗤𝘂𝗮𝗹𝗾𝘂𝗲𝗿 𝗽𝗲𝗿𝗳𝗶𝗹 𝗽𝗼𝗱𝗲 𝘀𝗲 𝗶𝗻𝘀𝗰𝗿𝗲𝘃𝗲𝗿 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝘀𝗲𝗿 𝘃𝗲𝗿𝗶𝗳𝗶𝗰𝗮𝗱𝗼 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺. O processo de solicitação é até simples. 𝗦𝗲𝗿 𝗮𝗽𝗿𝗼𝘃𝗮𝗱𝗼 é 𝗼 𝗰𝗼𝗺𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝗱𝗼. Veja como solicitar o selo:⁣
Em dezembro/2020, principalmente na semana do Natal, a Knewin (empresa de monitoramento de notícias e #MídiasSociais) verificou os assuntos mais comentados no Twitter. Vem ver o que mais repercutiu.