Quer aprofundar seus conhecimentos em mídias sociais?

Os seus anúncios no Facebook estão custando muito? O envolvimento do seu público está muito baixo? Há quem diga que o Facebook está morrendo, mas os 127 milhões de usuários mensais no Brasil indicam que a plataforma ainda é um excelente canal para os negócios.

Mesmo assim você tem tido pouco retorno e não sabe como resolver isso? Neste artigo, você encontrará causas e soluções para problemas comuns de marketing de mídia social. Continue conosco e coloque o seu marketing do Facebook de volta no caminho certo!

1. Suas publicações no Facebook recebem pouco envolvimento

Apesar de publicar regularmente no Facebook, seu engajamento é baixo ou inexistente. Você tentou vários tipos de publicações, em diferentes horários do dia e da semana, e ainda não está vendo resultados.

Possíveis causas e soluções

Você não entende realmente o seu público do Facebook nem o comportamento deles.

É crucial que você entenda quem é o seu público no Facebook e quais tópicos eles querem ver e ouvir, para que você possa preencher essas lacunas com conteúdo interessante ou de entretenimento. Verifique suas informações do público-alvo do Facebook para ver exatamente quem é a sua audiência e o que a interessa, além de verificar que horas e dias está on-line.

Para acessar seus Insights, abra o Gerenciador de Negócios, passe o mouse sobre Todas as Ferramentas e selecione Insights do público-alvo. Na janela pop-up, selecione Pessoas conectadas à sua página.

Na barra lateral esquerda, selecione sua página do Facebook para ver informações detalhadas sobre seus seguidores. Clique nas guias à direita para saber mais sobre a demografia desse público, seus interesses, localizações geográficas e muito mais.

Você não está exibindo nenhum conteúdo novo, interessante ou relevante do Facebook.

Se você continuar criando o mesmo conteúdo no Facebook ou os mesmos tipos de anúncios, continuará vendo os mesmos resultados ou nenhum resultado. A mídia social muda constantemente e o que funciona em um mês pode não funcionar no seguinte.

Para ficar à frente do algoritmo, sua estratégia de marketing e conteúdo do Facebook precisa estar em constante evolução. Caso contrário, seus resultados diminuirão ou ficarão estagnados.

Procure sempre fornecer conteúdo que seja útil, informativo e interessante, em vez de conteúdo que simplesmente preencha seus objetivos comerciais ou pessoais. Acompanhe o que está funcionando no seu marketing do Facebook e faça mais isso. Relatórios consistentes e regulares são essenciais para entender o que funcionará na próxima vez e o que não funcionará.

Veja também o que está dando certo nas páginas de seus concorrentes. Mas não copie o que eles estão fazendo. Ao contrário, tire lições e use-as para criar conteúdo ainda melhor e mais exclusivo que o dos concorrentes.

Se você não tiver certeza sobre o que publicar, pergunte aos seus seguidores em que tipo de conteúdo eles estão interessados. Faça uma pesquisa no Facebook em sua página ou faça perguntas para descobrir o que eles querem ver. Aqui estão algumas boas dezenas de dicas para você criar conteúdo!

Você também pode enviar uma mensagem direta para as pessoas que já conversaram com sua página e oferecer um incentivo (como um prêmio ou um desconto) para simplesmente responder a perguntas sobre o que lhes interessa. Se você não obtiver respostas suficientes, pergunte novamente ou forneça um incentivo melhor.

Se você tem uma loja, pergunte à sua base de clientes atual o que eles estão procurando ou, ainda, considere algumas das perguntas frequentes e tente respondê-las por meio do seu conteúdo.

Veja, por exemplo, o conteúdo que criamos para a RCD Ambientare para desvendar os símbolos contidos nas etiquetas de roupas. Dúvidas extremamente comuns que renderam ótimas publicações!

Um conteúdo evergreen e de qualidade sempre será popular, mas se você ocasionalmente aproveitar as tendências atuais com rapidez, seu conteúdo terá o potencial de se espalhar para um público mais amplo. Nem todo mundo está fazendo isso (muito menos empresas) porque o conteúdo rápido, on-trend e responsivo leva tempo e recursos para coordenar.

Use ferramentas como o Google Trends, o BuzzSumo ou o Feedly para pesquisar conteúdo de tendências. Com o Feedly, você pode configurar alertas do Google, seguir páginas em diferentes categorias (ou pesquisar tendências manualmente) e salvar artigos para ler mais tarde.

Quando você planeja publicações no Facebook em seu calendário de conteúdo de mídia social, deixe lacunas para uma ou duas publicações mais oportunas e adicione-as quando encontrar uma tendência cultural relevante que funcione para sua página do Facebook.

2. O engajamento é alto, mas as conversões são baixas

Você está recebendo um envolvimento fantástico no Facebook. Os usuários estão curtindo, comentando e compartilhando suas publicações. Bom para você! O problema é que o engajamento simplesmente não está se traduzindo em vendas, leads ou quaisquer que sejam seus objetivos gerais.

Possíveis Causas e Soluções

Seu conteúdo do Facebook tem um bom desempenho, mas não é relevante para seus produtos ou serviços.

Os usuários do Facebook podem ter algum interesse em sua empresa ou página, mas sua motivação para seguir você é o conteúdo de qualidade. Isso não é bom em longo prazo, especialmente se a manutenção da sua atual estratégia de marketing do Facebook tiver um alto custo para você em termos de tempo ou dinheiro.

No entanto, não é uma posição tão ruim estar “no curto prazo”. Você entende claramente o que seus clientes gostam; você só precisa considerar como você pode usar o Facebook para converter esses fãs em superfãs e clientes.

Se você está tentando vender um produto ou serviço, seu conteúdo no Facebook precisa ser relevante não apenas para o seu público, mas também para a sua empresa. Cada parte do conteúdo deve atender a uma meta específica (mesmo que essa meta seja meramente divertida) e deve ficar nesse ponto ideal entre as necessidades de seu público e suas metas de negócios.

Olha só este conteúdo que criamos para o Empório Canela, outro cliente nosso. A publicação sobre o livro deles que permite que os consumidores façam em casa os seus pratos prediletos é um ótimo exemplo de conteúdo que alinha o produto à marca deles.

Se o seu conteúdo já for ótimo, tenha cuidado ao alterar as coisas de maneira muito drástica e rápida demais. Você não quer que os usuários desativem ou deixem de seguir sua página porque você não está mais fornecendo o tipo de conteúdo que eles gostam, não é mesmo?

Então, tente manter a integridade e a personalidade da sua presença no Facebook, além de continuar entregando as mensagens que você precisa entregar. Seu público ama memes engraçados? Você pode criar memes originais sobre suas vendas, produtos ou serviços que falam sobre os pontos de dor ou de paixão dos clientes, como abrir uma caixa de seus produtos, aguardar seus produtos chegarem ou ter a necessidade de seus serviços.

Portanto, transforme suas mensagens comerciais em seu conteúdo do Facebook de maneira relevante sem comprometer a qualidade.

Você não criou um funil de anúncios no Facebook eficaz.

Seus seguidores no Facebook gostam do seu conteúdo e eles até têm o potencial de converter, mas não estão chegando lá. Isso não necessariamente acontecerá, contanto que você tenha uma estratégia eficaz.

Use os Facebook Ads para segmentar esses usuários em todos os estágios do funil, especialmente nas fases mais avançadas. Em um nível básico, se você tiver um site, você deve ter o pixel do Facebook. Talvez você já tenha até direcionado usuários para o seu website. Usando o pixel do Facebook, redirecione os usuários que já visitaram o seu site ou, até mesmo, os usuários que clicaram em páginas específicas com mensagens de vendas direcionadas.

Envie a eles um código de desconto ou uma oferta por tempo limitado. Ou nos anúncios para geração de leads, ofereça um e-book contendo conselhos úteis em troca de suas informações.

3. Feedback negativo na sua página do Facebook é comum

Os usuários estão deixando de seguir sua página no Facebook, ou você está recebendo reações negativas, comentários ou mensagens diretas para a página. Isso pode ser um sinal de que você precisa alterar sua estratégia de marketing do Facebook ou pode indicar problemas maiores com sua página.

Possíveis Causas e Soluções

Você não responde a comentários e perguntas no Facebook.

Se você não estiver reconhecendo comentários e perguntas, ou se estiver usando respostas padrão para perguntas que precisam ser abordadas separadamente ou personalizadas para determinado usuário, seu público ficará cada vez mais frustrado.

Um processo abrangente de gerenciamento da comunidade resolverá muitos desses problemas, e será muito útil se mais de uma pessoa estiver ajudando a gerenciar sua presença no Facebook. Esse processo deve incluir:

  • um documento abrangente das perguntas frequentes (FAQ) que você pode ajustar para usuários individuais e seus questionamentos e necessidades específicas;

  • um processo de escalonamento para determinar o que acontece com as dúvidas que começam a sair do controle;

  • uma pessoa dedicada para gerenciar a página e responder à maioria dos questionamentos.

4. Os custos dos seus Facebook Ads são muito altos

Não importa o que você faça, os custos dos seus anúncios no Facebook estão bem acima dos benchmarks, mas você não tem certeza de como corrigi-los. Você está investindo muito dinheiro em redes sociais pagas e tendo resultados mínimos.

Possíveis Causas e Soluções

Sua segmentação de anúncios do Facebook está desativada.

Sua segmentação pode ser muito ampla ou esse público pode ser muito competitivo. Felizmente, existem muitas maneiras de descobrir novos públicos para suas campanhas no Facebook. Você só precisa tentar coisas diferentes, testar um aspecto de cada vez e registrar o que está funcionando e quando.

Certas segmentações podem até ser competitivas apenas em determinadas épocas do ano. Para ilustrar, se você for uma empresa B2C que vende presentes segmentados para homens antes do Dia dos Namorados, isso tornará esse grupo de segmentação mais competitivo, aumentando os custos de anúncios em torno desse período. Considere estas flutuações ao orçamentar.

Outra possível causa é que sua mensagem não é forte o suficiente ou relevante para esse grupo. Revise o texto do seu anúncio e seja criativo. É atraente o suficiente para o seu público-alvo? Aqui estão algumas dicas para escrever textos de anúncios eficazes no Facebook:

  • adapte o seu texto ao seu mercado-alvo. Você está usando a linguagem correta? Se você estiver vendendo relógios masculinos de luxo, o texto do anúncio e seus recursos criativos devem parecer premium. Por outro lado, às vezes, um texto chamativo pode funcionar para um produto com um preço baixo;

  • escreva um texto curto, conciso e cativante, sem palavras desnecessárias;

  • faça um texto convincente. Idem para o seu título.

Embora o texto do anúncio seja importante, o fator criativo do seu anúncio é crucial. Tente testar diferentes imagens, vídeos, carrosséis ou Canvas e sempre registre seus resultados à medida que avança. Teste o tipo de imagem. Seus anúncios funcionam se eles apresentam imagens de pessoas? Um certo tipo de visual funciona melhor que outros?

Se o olho de uma pessoa for direto para a imagem em vez do texto, faz sentido ter texto na imagem. Mas lembre-se de que o Facebook permitirá apenas 20% de texto para imagens usadas em anúncios.

Você não está testando e otimizando seus anúncios do Facebook corretamente.

Com os anúncios do Facebook, muito do que fazemos é aprendido com testes A/B. É importante testar apenas um aspecto dos seus anúncios de uma vez para que você possa entender exatamente o que está funcionando e otimizar corretamente. Se você estiver usando 20 interesses diferentes em sua segmentação e alterando constantemente os tipos de texto e anúncio, não será possível reunir insights definitivos em longo prazo.

Fazer testes em campanhas é uma ação primordial do marketing digital.

Você não está usando as plataformas certas para os tipos de anúncios certos.

Algumas pessoas descobrirão que determinados tipos de anúncios funcionam melhor em plataformas diferentes. Por exemplo, a geração de leads pode funcionar bem no Facebook, enquanto um conteúdo promovido funciona bem no Twitter, e os anúncios de tráfego podem funcionar melhor no Instagram. Mais uma vez: o teste é uma parte crucial do processo.

Criar uma estratégia de marketing eficaz no Facebook que se traduza em resultados definitivos para o seu negócio nem sempre é fácil. O algoritmo muda com frequência, por isso sua abordagem precisa estar em constante evolução para atingir seus objetivos. Com essas dicas para resolver problemas comuns que você provavelmente encontrará no Facebook você poderá reativar seus esforços de marketing.

Como você pôde notar ao longo do post, aqui na Petit nós não ficamos apenas na teoria. Nós fazemos na prática tudo aquilo que ensinamos. E por aqui estamos tendo ótimos resultados.

E você? Que tal aprofundar seu conhecimento e aperfeiçoar suas estratégias de marketing de mídias sociais? Inscreva-se no nosso curso de Formação em Social Media e tenha melhores resultados para as suas campanhas!

Quem escreveu este post?

Mariana Klein

Fundadora da Petit Mídias Sociais, Professora de Marketing Digital e Consultora de Mídias Sociais com mais de uma década de experiência.

Sou Mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é   Performance de Campanhas em Mídias Digitais (Social Ads, Google Ads, Native Ads), com mais de 250 clientes já atendidos em toda a América Latina.   Sou professora há quase 20 anos, atualmente na disciplina de  Marketing Digital na Especialização em Comunicação e Marketing Estratégico  (Faculdade Senac Porto Alegre) e na disciplina de  Métricas de Mídias Sociais no MBA em Mídias Sociais Digitais  (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS). 

Quem escreve o blog?

Oi, eu sou a Mariana Klein, fundadora da Petit Mídias Sociais.
Sou Mestre em Administração pela Univ. Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é Performance de Campanhas em Mídias Digitais, com 250+ clientes já atendidos na América Latina.
Sou professora (há 20~ anos), atualmente leciono as disciplinas de Marketing Digital e Métricas em Mídias Sociais em programas de Pós-Graduação  em Comunicação e Marketing Estratégico (Faculdade Senac Porto Alegre) e no MBA em Mídias Sociais (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS), respectivamente.

Instagram
Fazer 𝘂𝗺𝗮 𝗯𝗼𝗮 𝗹𝗶𝘀𝘁𝗮 𝗱𝗲 𝗲𝗺𝗮𝗶𝗹𝘀 é essencial para sua #EstratégiaDeEmailMarketing dar certo. Por isso, é preciso construí-la organicamente, com a autorização dos contatos, e fugir de artimanhas como a compra de listas prontas, que só trazem prejuízos.⁣
Com um bilhão de pessoas usando o Instagram todos os meses, ele é uma 𝗽𝗹𝗮𝘁𝗮𝗳𝗼𝗿𝗺𝗮 𝗰𝗼𝗺 𝗴𝗿𝗮𝗻𝗱𝗲 𝗽𝗼𝘁𝗲𝗻𝗰𝗶𝗮𝗹 𝗱𝗲 𝗥𝗢𝗜. Mas para colher os frutos, você não precisa apenas de um público, você precisa de envolvimento (comentários, compartilhamentos, curtidas, etc.).⁣
Mais uma vez o 𝐖𝐡𝐚𝐭𝐬𝐀𝐩𝐩 está no topo do ranking dos apps mais populares no Brasil. De acordo com os dados do Digital in Brazil 2021, do We Are Social e Hootsuite, ele é o 2° app mais usado por aqui - 91% das pessoas usam o app mensalmente. Ele fica atrás apenas do YouTube (96%). Depois deles estão o Facebook (89%) e o Instagram (86%).⁣
Muito mais que uma plataforma de compartilhamento de fotos, o Instagram lançou uma tonelada de 𝗿𝗲𝗰𝘂𝗿𝘀𝗼𝘀 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝗮𝗷𝘂𝗱𝗮𝗿 𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗮 𝘃𝗲𝗻𝗱𝗲𝗿 𝗱𝗶𝗿𝗲𝘁𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗱𝗼 𝗮𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝘁𝗶𝘃𝗼.⁣
Você sabia que ⅓ dos 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗦𝘁𝗼𝗿𝗶𝗲𝘀 mais vistos são de empresas? Que 50% 𝗱𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗻𝗼 𝗺𝘂𝗻𝗱𝗼 𝗶𝗻𝘁𝗲𝗶𝗿𝗼 𝗰𝗿𝗶𝗮𝗺 𝗽𝗲𝗹𝗼 𝗺𝗲𝗻𝗼𝘀 𝘂𝗺 𝘀𝘁𝗼𝗿𝘆 𝗽𝗼𝗿 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗹𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲? Que 96% dos profissionais de #Marketing entrevistados pelo Facebook nos EUA têm planos de continuar usando anúncios em histórias nos próximos seis meses?⁣
𝗖𝗵𝗲𝗴𝗮 𝗱𝗲 𝗳𝗶𝗰𝗮𝗿 𝗲𝗺 𝗽â𝗻𝗶𝗰𝗼 𝗰𝗼𝗺 𝗮𝘀 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗴𝗲𝗻𝘀 𝗿𝗲𝗰𝗲𝗯𝗶𝗱𝗮𝘀 𝗽𝗲𝗹𝗮𝘀 𝗿𝗲𝗱𝗲𝘀 𝘀𝗼𝗰𝗶𝗮𝗶𝘀! 😱 Mensagens automáticas podem te ajudar a conversar melhor com o consumidor, mas há alguns detalhes que você precisa considerar:⁣
É hora de deixar pra trás o "não faço ideia do que escrever". Você está preparada para criar anúncios, páginas de venda, posts e e-mails com base em dados e foco em conversão?
𝗤𝘂𝗮𝗹𝗾𝘂𝗲𝗿 𝗽𝗲𝗿𝗳𝗶𝗹 𝗽𝗼𝗱𝗲 𝘀𝗲 𝗶𝗻𝘀𝗰𝗿𝗲𝘃𝗲𝗿 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝘀𝗲𝗿 𝘃𝗲𝗿𝗶𝗳𝗶𝗰𝗮𝗱𝗼 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺. O processo de solicitação é até simples. 𝗦𝗲𝗿 𝗮𝗽𝗿𝗼𝘃𝗮𝗱𝗼 é 𝗼 𝗰𝗼𝗺𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝗱𝗼. Veja como solicitar o selo:⁣
Em dezembro/2020, principalmente na semana do Natal, a Knewin (empresa de monitoramento de notícias e #MídiasSociais) verificou os assuntos mais comentados no Twitter. Vem ver o que mais repercutiu.