Quer aprofundar seus conhecimentos em mídias sociais?

O isolamento social certamente terá impacto nas empresas, mas o que você deve fazer com suas campanhas digitais neste momento?

Que o momento, diante da pandemia de coronavírus e consequente isolamento social, é incerto todo mundo já sabe. E aí surge a questão de o que fazer com as campanhas de mídias digitais neste momento.

A primeira coisa é respirar fundo e lembrar que em algum momento sairemos do isolamento. E, quando isso acontecer, é uma boa ideia ter sua empresa pronta para retomar as atividades e colocar em prática os aprendizados da pandemia.

Para ajudar nessa decisão, aqui vão as respostas para as perguntas mais frequentes nos últimos dias.

Devo seguir publicando nas redes sociais da minha marca?

Sim. A ideia deste momento é, justamente, nos isolarmos fisicamente, mas mantermos nossas vidas em uma certa normalidade. Tanto que as empresas seguem trabalhando, mas os funcionários estão em home office ou a empresa trabalha apenas com entregas, mas mantém as portas fechadas.

Devo mudar minha estratégia?

Sim. Comentei no Instagram na semana passada sobre como ajustar o conteúdo para este momento, dá uma olhadinha aqui. Em linhas gerais, este é um momento para reavaliar o que você oferece e como. É também propício para apresentar uma face ainda mais humana da sua marca, compartilhando como suas esquipes estão trabalhando e como a marca está se adaptando para o período de isolamento.

  • Você tem algum produto ou serviço que pode ser oferecido à distância ou até virtualmente?
  • Como sua marca vai apoiar as pessoas – descontos, entrega, atendimento online, vantagens para quem consumir seu produto agora?
  • Como sua marca vai demonstrar que não está muda e entende o que as pessoas estão sentindo?
  • Devo parar minhas campanhas pagas?

Não. Considerando que você seguirá publicando, mesmo que com ajustes no conteúdo, é fundamental manter as campanhas ativas, por uma série de razões:

  • se seus concorrentes estão anunciando, sua marca fica para trás;
  • quando você para com conteúdo e anúncios, eventualmente sua página de Facebook e perfil de Instagram caem no ranqueamento feito automaticamente pelos algoritmos;
  • na hora em que você precisar voltar, vai ser como começar tudo do zero. Ou seja, 3 a 6 meses para seus resultados voltarem ao normal.

Seu concorrente está anunciando em Facebook e Instagram? Descubra aqui.

Este é um momento estratégico. A forma como você se posicionar (ou não) definirá a imagem da sua marca de agora em diante. Você quer ser lembrado como a marca que pensou no bem-estar dos funcionários? Como a empresa que pensou em melhorar a vida de outros em um momento delicado? Como a empresa que esteve perto dos seus consumidores, mesmo com a distância física?

Ou prefere ficar marcado como a empresa que se diz moderna, mas tem medo de admitir que sua equipe pode trabalhar bem remotamente? Como a marca que aumentou preços durante uma pandemia? Como o negócio disruptivo que demonstrou ser desconectado da vida real das pessoas?

A escolha é sua.


UPDATE – 26.03.20

Abri minha caixa de entrada e estava lá uma newsletter do Neil Patel (super recomendo o Ubersuggest, por sinal), com uma lista de perguntas para ajudar você a refletir neste momento:

Pensar no longo prazo e agir no curto prazo

  • Quem é o TOP player do seu mercado? E o que ele está fazendo agora?
  • Onde está sua visão?
  • O que você deve somar no seu negócio HOJE?
  • Quais as consequências de não agir agora?
  • Como você deve agir agora para que sua visão se concretize no longo prazo?

Livre concorrência

  • Quem é seu “inimigo”?
  • Como os seus concorrentes gostariam que você agisse?
  • Como você acha que seus concorrentes estão agindo?
  • O que faz de você “o único”?

Oferta x Demanda

  • Quem te ama (no mercado)?
  • O que você deveria ter feito antes da demanda se reprimir?
  • Você está preparado para quando a demanda reprimida voltar?
  • Qual a sua melhor oferta após a crise?

Custo de oportunidade

  • O que acontecerá se você ficar parado?
  • Qual a próxima tendência do seu mercado? Como você pode tirar proveito disso?
  • Como você expande seu sucesso?
  • Como manter o foco?

Quem escreveu este post?

Mariana Klein

Fundadora da Petit Mídias Sociais, Professora de Marketing Digital e Consultora de Mídias Sociais com mais de uma década de experiência.

Sou Mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é   Performance de Campanhas em Mídias Digitais (Social Ads, Google Ads, Native Ads), com mais de 250 clientes já atendidos em toda a América Latina.   Sou professora há quase 20 anos, atualmente na disciplina de  Marketing Digital na Especialização em Comunicação e Marketing Estratégico  (Faculdade Senac Porto Alegre) e na disciplina de  Métricas de Mídias Sociais no MBA em Mídias Sociais Digitais  (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS). 

Instagram
Fazer 𝘂𝗺𝗮 𝗯𝗼𝗮 𝗹𝗶𝘀𝘁𝗮 𝗱𝗲 𝗲𝗺𝗮𝗶𝗹𝘀 é essencial para sua #EstratégiaDeEmailMarketing dar certo. Por isso, é preciso construí-la organicamente, com a autorização dos contatos, e fugir de artimanhas como a compra de listas prontas, que só trazem prejuízos.⁣
Com um bilhão de pessoas usando o Instagram todos os meses, ele é uma 𝗽𝗹𝗮𝘁𝗮𝗳𝗼𝗿𝗺𝗮 𝗰𝗼𝗺 𝗴𝗿𝗮𝗻𝗱𝗲 𝗽𝗼𝘁𝗲𝗻𝗰𝗶𝗮𝗹 𝗱𝗲 𝗥𝗢𝗜. Mas para colher os frutos, você não precisa apenas de um público, você precisa de envolvimento (comentários, compartilhamentos, curtidas, etc.).⁣
Mais uma vez o 𝐖𝐡𝐚𝐭𝐬𝐀𝐩𝐩 está no topo do ranking dos apps mais populares no Brasil. De acordo com os dados do Digital in Brazil 2021, do We Are Social e Hootsuite, ele é o 2° app mais usado por aqui - 91% das pessoas usam o app mensalmente. Ele fica atrás apenas do YouTube (96%). Depois deles estão o Facebook (89%) e o Instagram (86%).⁣
Muito mais que uma plataforma de compartilhamento de fotos, o Instagram lançou uma tonelada de 𝗿𝗲𝗰𝘂𝗿𝘀𝗼𝘀 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝗮𝗷𝘂𝗱𝗮𝗿 𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗮 𝘃𝗲𝗻𝗱𝗲𝗿 𝗱𝗶𝗿𝗲𝘁𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗱𝗼 𝗮𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝘁𝗶𝘃𝗼.⁣
Você sabia que ⅓ dos 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗦𝘁𝗼𝗿𝗶𝗲𝘀 mais vistos são de empresas? Que 50% 𝗱𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗻𝗼 𝗺𝘂𝗻𝗱𝗼 𝗶𝗻𝘁𝗲𝗶𝗿𝗼 𝗰𝗿𝗶𝗮𝗺 𝗽𝗲𝗹𝗼 𝗺𝗲𝗻𝗼𝘀 𝘂𝗺 𝘀𝘁𝗼𝗿𝘆 𝗽𝗼𝗿 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗹𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲? Que 96% dos profissionais de #Marketing entrevistados pelo Facebook nos EUA têm planos de continuar usando anúncios em histórias nos próximos seis meses?⁣
𝗖𝗵𝗲𝗴𝗮 𝗱𝗲 𝗳𝗶𝗰𝗮𝗿 𝗲𝗺 𝗽â𝗻𝗶𝗰𝗼 𝗰𝗼𝗺 𝗮𝘀 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗴𝗲𝗻𝘀 𝗿𝗲𝗰𝗲𝗯𝗶𝗱𝗮𝘀 𝗽𝗲𝗹𝗮𝘀 𝗿𝗲𝗱𝗲𝘀 𝘀𝗼𝗰𝗶𝗮𝗶𝘀! 😱 Mensagens automáticas podem te ajudar a conversar melhor com o consumidor, mas há alguns detalhes que você precisa considerar:⁣