fbpx

Quer se aprimorar em mídias sociais?

Cadastre-se e receba nossas novidades no seu e-mail

Por que o engajamento do meu Instagram caiu? Como aumentar o engajamento do meu Instagram? Se eu ganhasse alguns dinheiros todas as vezes que os alunos dos nossos cursos de redes sociais perguntam isso, estaria rica. Esse parece ser o maior mistério de 2021. Mas antes que você comece a se desesperar, respira fundo e segue lendo este post para descobrir o que fazer para aumentar o alcance dos seus posts no Instagram e aumentar seu engajamento.


Antes de mais nada, precisamos deixar bem claro o que é o engajamento do Instagram. Engajamento é um KPI, ou seja, um indicador-chave de performance. Para calcular o engajamento das suas publicações, você vai usar uma fórmula simples:

(Interações da publicação x 100) / Alcance da publicação

Vou usar um dos posts do nosso feed para demonstrar.

Imagem mostra a tela de dados de uma publicação do Instagram. Esses dados estão descritos a seguir no texto do post quando é explicado o cálculo do engajamento do Instagram. Esse cálculo é usado para avaliar se o engajamento do seu Instagram caiu.

Como você pode ver, essa publicação alcançou 1813 pessoas, sendo que 22% não estavam seguindo a @petitescola.

As principais interações foram curtidas (77), comentários (6), compartilhamentos (5) e salvar (35).

Além disso, essa publicação gerou 21 visitas ao nosso perfil e 8 cliques no link que está na nossa bio.

O cálculo, então, vai ser:

[(77+6+5+35+21+8) x 100] / 1813 = 8,38%

Essa é a taxa de engajamento da publicação. Das pessoas que viram este post (1813 pessoas), 8,38% interagiram com ela. Ou seja, 8,38% das pessoas alcançadas engajaram com o post.

E você só pode dizer que o engajamento do seu Instagram caiu quando você analisar os últimos 12 meses de publicações e avaliar se há uma tendência de queda no engajamento.


E por que você precisa saber como calcular o engajamento?

A primeira coisa sobre trabalhar com gestão de redes sociais é justamente ter intimidade com as métricas, para que você possa entender exatamente o que está acontecendo depois que você clica em Publicar. E aí você vai precisar fazer sempre duas perguntas básicas.

  • O alcance das publicações aumentou, diminuiu ou ficou estável nos últimos 12 meses?
  • O envolvimento das pessoas (curtidas, comentários, compartilhamentos, visitas ao perfil, cliques no site, conversões, etc.) aumentou, diminuiu ou ficou estável nos últimos 12 meses?

Essas duas perguntas são importantes porque elas ajudam a entender duas coisas:

  • O quanto o público alcançado se envolve com seu conteúdo;
  • A entrega das suas publicações pelo Instagram.

Com base nesses dois pontos é que você entender por que o engajamento do seu Instagram caiu e elaborar um plano de ação para reverter essa situação. Então, vamos começar pelo envolvimento do publico com o conteúdo que você cria.


Como melhorar o engajamento do meu Instagram?

Não existe uma receita pronta, mas você tem uma infinidade de opções para testar. A primeira coisa é não comprar seguidores e não seguir para ser seguida de volta. Talvez essa seja uma das melhores ações que você pode fazer para aumentar o envolvimento, porque seguidores comprados não interagem e quem é adepto do SDV (segue de volta) está focado em volume de seguidores, o que torna mais difícil que esses seguidores curtam e comentem seus posts.

A segunda coisa é criar conteúdo de alto valor para seus seguidores. Não adianta publicar um post que não vá agregar nada para quem segue você. E isso independe da área de atuação, viu? Qualquer negócio de qualquer mercado tem sempre algo interessante para ensinar, tópicos para discutir, informações que precisam ser lembradas a todo o momento e por aí vai.

Aqui estão alguns posts que já escrevemos aqui no blog sobre como criar conteúdo que gera engajamento, depois que terminar de ler este post aqui, pode seguir sua leitura com eles. 🙂

Aumentar o envolvimento é conversar com seguidores que realmente querem seguir você porque você tem alguma coisa importante para contar para eles. É criar conversa em torno do produto ou serviço que você oferece. É entregar informações valiosas pedindo que, em troca, as pessoas curtam e compartilhem suas publicações.

E essa é a parte que nós podemos controlar e melhorar de forma contínua. Mas tem a segunda parte dessa história que é algo que foge ao nosso controle, que é como o Instagram entrega nossas publicações. Vamos entender o que acontece nesse lado.


O engajamento do Instagram caiu por causa do algoritmo?

Mulher de blusa listrada em preto e branco olhando para a tela do celular.

Sim e não. O ‘não’ tem a ver com o que comentei nos parágrafos anteriores. Se seu conteúdo não agregar valor para seus seguidores (e se você tiver comprado seguidores, se você seguir um monte de perfis para ser seguida de volta) você nunca terá um bom alcance, envolvimento e engajamento. Certo? Não tem o que fazer, então antes de mais nada se prepare para criar conteúdos melhores.

Até dezembro de 2020 o que nós sabíamos sobre o algoritmo do Instagram era que alguns sinais dados pela sua conta e pelo comportamento dos seguidores indicavam quem e quantos receberiam suas publicações. Se você quiser entender quais são esses sinais e como isso tudo funciona, leia este post  aqui.

E ouça também nosso episódio do podcast sobre esse bicho-papão chamado algoritmo.

O que acontece é que em novembro de 2020 a Rachel Reichenbach recebeu uma consultoria do próprio Instagram e em dezembro ela resolveu publicar no blog dela o conteúdo dessa conversa.

(Antes de seguir adiante, preciso dizer que fiquei desolada porque recém conheci essa loja e ela está com os produtos esgotados, queria todos.)

Mas voltando ao nosso assunto.

Foi neste momento que pudemos confirmar ou não muitas das coisas que a gente tinha como certezas e muitos palpites que tínhamos sobre como o algoritmo escolhe quais perfis terão mais sucesso. Neste momento a gente entendeu porque o engajamento do Instagram caiu nos últimos meses.

Nessa chamada da Rachel com o consultor do Instagram ele explicou que:

  1. O Instagram recompensa ou pune os perfis de acordo com o uso que eles fazem da plataforma como um todo;
  2. O algoritmo constantemente analisa mais de 500 fatores de cada perfil para fazer essa classificação de relevância;
  3. A análise vai muito além de um post específico, e sim leva em consideração os dados globais da sua conta.

No post, a Rachel segue com 3 pontos importantes para melhorar seu alcance e, se seu conteúdo for bom, melhorar seu engajamento. A primeira delas tem a ver com o reels. Sim, o TikTok do Instagram. Assim como toda nova ferramenta do Instagram e do Facebook, o reels está recebendo um aumento de atenção do algoritmo neste momento. Ou seja, quem publica conteúdo em formato de reels, sai na frente. E é importantíssimo lembrar que isso vai mudar daqui algum tempo. É questão de eles lançarem uma nova ferramenta, então pode ser que neste semestre você crie conteúdo relevante em reels com um ótimo resultado, e no próximo semestre tenha que embarcar em algum outro formato, com a ameaça de que o engajamento do seu Instagram caia novamente.


Se você não publicar pelo menos 1 Reels por semana, todas as suas outras publicações serão punidas.

Arram, é exatamente isso que você leu. Se você publicar um post em formato de reels por semana, todas as suas outras publicações terão mais alcance, e consequentemente aumenta a chance de elas terem mais envolvimento, porque mais pessoas vão ver seu conteúdo.

Se você publicar um reels hoje, e outro só daqui a 15 dias, o alcance de todas as suas demais publicações será reduzido e isso leva a uma redução dos envolvimentos.

Sabe qual foi a frequência ideal de reels sugerida pelo funcionário do Instagram? 4 a 7 por semana. E, a não ser que você viva para criar conteúdo ou que seu cliente contrate um mega pacote com você, isso é quase impossível. Lembra que todas as suas ações na plataforma (mais de 500 fatores) estão sendo monitoradas? Então, você também precisa dar atenção ao feed e aos stories.


Se você não usar todas as ferramentas, suas publicações serão punidas. E o engajamento do seu Instagram cairá.

TODAS. T-O-D-A-S as ferramentas. O que isso quer dizer? Que você precisa publicar no feed e stories? Sim, mas você também precisa publicar reels e IGTV, marcar produtos nos seus posts, usar os stickers temáticos nos stories, usar a câmera do aplicativo, usar filtros, geolocalizar seus posts, usar botões de interação nos stories, usar as DMs… enfim, usar todos os recursos para garantir que o Instagram é a sua plataforma principal de criação e divulgação de conteúdo. De acordo com o funcionário do Instagram que falou com a Rachel, você precisa cumprir o seguinte checklist se quiser ter sucesso com o engajamento do Instagram:

  • 3 posts no feed por semana (reels e IGTV compartilhados com o feed entram nessa contagem;
  • 8 a 10 stories por semana (com preferência para pelo menos 2 stories por dia);
  • 4 a 7 reels por semana;
  • 1 a 3 IGTV por semana.

Cansei só de ler isso, mas vamos ao próximo (e último) ponto.


Você precisa manter a consistência.

Você precisa fazer todo esse monte de publicações, sim. E também precisa fazer isso de forma consistente. O algoritmo está programado para premiar perfis que sigam padrões por muito tempo. Por exemplo, publicar segunda, quarta e sexta, sempre nos mesmos horários para cada um dos dias. Ou, então, publicar um dia sim e outro não. O importante é manter um padrão, como comentado no post ali de cima sobre planejamento de conteúdo.


Então se eu fizer tudo isso terei muito alcance e engajamento?

Infelizmente, não é assim que funciona. /kkkcrying/. Você precisa fazer tudo isso de forma consistente, seguindo um padrão, por vários meses, até que possa ver o resultado. E, sim, eu sei que ficar sabendo disso tudo chega a dar uma tristeza. Neste momento em que cada vez mais falamos sobre burnout nas área da comunicação (siga @burnoutizadas) e que vemos um movimento de profissionais do marketing que estão abandonando o trabalho de mídias sociais em uma tentativa de manter a sanidade, beira o absurdo ter que criar todo esse conteúdo.

E claro que o Facebook é o dono do campinho E da bola, então temos que nos adaptar enquanto usuários da plataforma se quisermos participar do jogo. Então, o que você pode fazer para aumentar a sua presença de forma saudável para você e para sua marca?

O que você pode oferecer para seus clientes que permita que eles paguem pelas suas horas de serviço (quanto mais posts, mais horas, né?!) e ainda assim tenham resultados?

  • Complemente suas publicações orgânicas com campanhas, sempre;
  • Produza conteúdo de alto valor, sempre. Não adianta publicar essa enxurrada de posts se você não tem nada a dizer para mudar a vida dos seus seguidores;
  • Publique 3 vezes por semana no feed, mantendo a consistência de intervalos e horários;
  • Crie 1 reels por semana (e, se quiser, marque a opção de publicá-lo no feed para já contar uma das suas 3 publicações semanais, cuidando do horário da publicação);
  • Use o IGTV quando você tiver algo relevante para compartilhar por lá (da minha experiência, o YouTube ainda é uma plataforma muito superior para publicação de vídeos longos, porque permite aumentar a geração de tráfego para seu site);
  • Faça 1 story por dia se você tiver algo importante para dizer naquele dia. Não encha seus seguidores de conteúdo de baixo valor só para ter 1 story diário. Esse tiro pode (e certamente vai) sair pela culatra, visto que conteúdos de baixo valor afastam seus seguidores em longo prazo.

E se eu não quiser fazer tudo isso?

Confesso para você que eu, Mariana Klein, enquanto empresária que depende de tráfego no site para fazer vendas e pagar as contas do mês, ainda aposto com mais empenho na qualidade do conteúdo e não na quantidade. No momento em que estou escrevendo este post, estou desenvolvendo um conteúdo em formato de reels com pílulas de informação e meu objetivo é publicar um por semana neste semestre e, assim, poder avaliar o que acontece com o resultado das demais ações.

O que eu posso afirmar dessa experiência de conteúdo consistente (a Petit publica 3 vezes por semana no feed há quase 2 anos) é que é possível obter retorno financeiro com as mídias sociais sem todo esse estresse. Inclusive, o engajamento do nosso Instagram não caiu nos últimos 12 meses em comparação com os 12 meses anteriores. É uma questão de pensar estrategicamente, entender o público-alvo de forma aprofundada e, então, falar o que as pessoas querem e precisam ouvir. Além disso, tudo isso deve vir acompanhado de produtos que as pessoas querem comprar e que agregam alto valor para suas vidas.

E você, qual é sua experiência com publicações no Instagram? Você publica tudo isso semanalmente? Ou você publica poucas vezes? Fazendo o cálculo que ensinei ali no começo, o engajamento do seu Instagram caiu?

Deixa um comentário e me conta mais sobre como você usa o Instagram para ter resultados.

Deixe aqui seu comentário

Quem escreve o blog?

Oi, eu sou a Mariana Klein, fundadora da Petit Mídias Sociais.
Sou Mestre em Administração pela Univ. Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é Performance de Campanhas em Mídias Digitais, com 250+ clientes já atendidos na América Latina.
Sou professora (há 20~ anos), atualmente leciono as disciplinas de Marketing Digital e Métricas em Mídias Sociais em programas de Pós-Graduação  em Comunicação e Marketing Estratégico (Faculdade Senac Porto Alegre) e no MBA em Mídias Sociais (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS), respectivamente.

%d blogueiros gostam disto: