Quer aprofundar seus conhecimentos em mídias sociais?

A cada dia que passa o Instagram ganha mais e mais seguidores, na última divulgação já eram mais de 800 milhões de pessoas conectadas (isso em setembro de 2017). Ao mesmo tempo em que o Instagram cresce, ele adiciona mais ferramentas para a gestão de contas empresariais, por isso elaboramos este guia, para ajudar você a obter o melhor do seu perfil.

O que quer o público?

O público do Instagram se conecta à plataforma buscando informação visual. E mesmo se considerarmos que quem está por lá também está no Facebook, Linkedin e Twitter, é preciso lembrar que a expectativa das pessoas muda de acordo com a plataforma.

Ou seja, invista em contar histórias de forma visual.

Cerca de 80% das pessoas seguem marcas no Instagram, e dados indicam que o engajamento das publicações na plataforma pode ser até 58 vezes maior que no Facebook (quem aí não está sofrendo com a queda do alcance orgânico?).

O interessante é observar que cerca de metade das empresas ainda não estão no Instagram, talvez seja por isso que o engajamento ainda é tão alto. Se todas começarem a ter perfis é bem possível que esse panorama se altere, então, se você quiser investir em presença no Instagram, a hora é agora.

E dá resultado?

Bem, se os dados indicam que o engajamento é maior, pode-se entender que há possibilidade de obter bons resultados, tudo vai depender de como você usa a plataforma (já falo mais sobre isso).

Estima-se que 75% dos usuários impactados por um anúncio no Instagram vão acessar o site daquela empresa posteriormente, e que quase 10% seguem marcas para saber de novidades e lançamentos.

Por onde começar?

1 – Perfil Comercial

Se o seu perfil ainda é pessoal, altere-o para perfil comercial, para poder ter acesso à uma variedade de métricas e campanhas.

Lembre que o lugar para publicar fotos pessoais (aquelas lindas dos filhos brincando na praia ou da sua cafeteria preferida) é o seu perfil pessoal. Para uma gestão profissional da presença e busca de resultados é fundamental fazer essa separação.

2 – Desenvolva sua Imagem

Você precisa escolher uma imagem de perfil (avatar) que seja fácil de reconhecer e de lembrar. A melhor opção é escolher o logo da marca, mas cuide para usar esta imagem em boa qualidade, para não ficar muito pequena ou pixelada.

3 – Configure seu Perfil

O formato de perfil comercial proporciona uma série de configurações e criação de botões de chamada para ação. Então, acesse a área de edição do perfil e as opções da conta para fazer suas escolhas.

É importante também pensar em uma bio chamativa, que deixe claro o que você faz e o que entrega, além de trazer nas pontas dos dedos os contatos da empresa. Você pode usar emojis e pular linhas para construir uma bio que seja, ao mesmo tempo, clara e chamativa.

4 – Interaja com o Público

Agora que você já configurou, é hora de conversar com as pessoas. Lembra que falamos que o público espera um certo comportamento dos perfis do Instagram? A interação é um desses comportamentos.

O que precisa virar hábito é visitar perfis similares e conversar com as pessoas sobre seu produto, além de responder quem comenta nas suas fotos e agradecer quem segue o seu perfil.

E como seguir com o trabalho?

1 – Comece a publicar

Em geral as maiores marcas publicam cerca de 5 vezes na semana. Lembre que o Instagram aceita mais publicações diárias que o Facebook, mas não vire o perfil chato que publica uma vez por hora. Se você precisar publicar múltiplas fotos (na cobertura de um evento, por exemplo) opte pelos posts de álbum de fotos e stories.

2 – Não seja muito comercial

Ninguém gosta de alguém que só fala de si mesmo e só quer vender algo. Ao contrário disso, invista em apresentar seu produto ou serviço sem apelar, destacando os pontos fortes e procurando responder à pergunta: Como o meu produto soluciona um problema das pessoas?

Você vai ver que as vendas são um resultado natural de uma comunicação agradável e próxima.

3 – Transmita a essência da marca

Adote um filtro para as fotos que tenha a ver com a essência da sua marca e o adote de forma consistente nas publicações. Além disso, opte por cores que tenham a ver com a paleta de cores da sua identidade visual.

Adote hashtags que sejam importantes para sua marca e que possam atrair mais consumidores reais e não apenas seguidores de qualquer lugar do mundo. Nós já falamos sobre hashtags aqui, vem ler!

Você sabia?

O filtro Mayfair é o que mais atrai interações, e as fotos com uma cor única predominante geram 17% mais likes.

4 – Invista em fotos reais e de lifestyle

Sabe aquelas fotos de banco de imagem, que apresentam uma pizza linda que não têm nada a ver com a pizza que você faz? Está na hora de aposentá-las.

Um caminho muito mais interessante para quem está em busca de interações reais no Instagram é contratar um fotógrafo e gerar um banco de imagens real do seu produto. O mais interessante dessas fotos é que elas podem não só apresentar o produto em si, mas também podem apresentar pessoas interagindo com ele, o que faz com que o consumidor se identifique com aquela pessoa real e queira consumir para poder viver uma experiência como aquela.


Gostou do texto?

Leia mais sobre marketing digital aqui.

Conheça nossos cursos online.

Categorias:

Quem escreveu este post?

Mariana Klein

Fundadora da Petit Mídias Sociais, Professora de Marketing Digital e Consultora de Mídias Sociais com mais de uma década de experiência.

Sou Mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é   Performance de Campanhas em Mídias Digitais (Social Ads, Google Ads, Native Ads), com mais de 250 clientes já atendidos em toda a América Latina.   Sou professora há quase 20 anos, atualmente na disciplina de  Marketing Digital na Especialização em Comunicação e Marketing Estratégico  (Faculdade Senac Porto Alegre) e na disciplina de  Métricas de Mídias Sociais no MBA em Mídias Sociais Digitais  (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS). 

Quem escreve o blog?

Oi, eu sou a Mariana Klein, fundadora da Petit Mídias Sociais.
Sou Mestre em Administração pela Univ. Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é Performance de Campanhas em Mídias Digitais, com 250+ clientes já atendidos na América Latina.
Sou professora (há 20~ anos), atualmente leciono as disciplinas de Marketing Digital e Métricas em Mídias Sociais em programas de Pós-Graduação  em Comunicação e Marketing Estratégico (Faculdade Senac Porto Alegre) e no MBA em Mídias Sociais (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS), respectivamente.

Instagram
Fazer 𝘂𝗺𝗮 𝗯𝗼𝗮 𝗹𝗶𝘀𝘁𝗮 𝗱𝗲 𝗲𝗺𝗮𝗶𝗹𝘀 é essencial para sua #EstratégiaDeEmailMarketing dar certo. Por isso, é preciso construí-la organicamente, com a autorização dos contatos, e fugir de artimanhas como a compra de listas prontas, que só trazem prejuízos.⁣
Com um bilhão de pessoas usando o Instagram todos os meses, ele é uma 𝗽𝗹𝗮𝘁𝗮𝗳𝗼𝗿𝗺𝗮 𝗰𝗼𝗺 𝗴𝗿𝗮𝗻𝗱𝗲 𝗽𝗼𝘁𝗲𝗻𝗰𝗶𝗮𝗹 𝗱𝗲 𝗥𝗢𝗜. Mas para colher os frutos, você não precisa apenas de um público, você precisa de envolvimento (comentários, compartilhamentos, curtidas, etc.).⁣
Mais uma vez o 𝐖𝐡𝐚𝐭𝐬𝐀𝐩𝐩 está no topo do ranking dos apps mais populares no Brasil. De acordo com os dados do Digital in Brazil 2021, do We Are Social e Hootsuite, ele é o 2° app mais usado por aqui - 91% das pessoas usam o app mensalmente. Ele fica atrás apenas do YouTube (96%). Depois deles estão o Facebook (89%) e o Instagram (86%).⁣
Muito mais que uma plataforma de compartilhamento de fotos, o Instagram lançou uma tonelada de 𝗿𝗲𝗰𝘂𝗿𝘀𝗼𝘀 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝗮𝗷𝘂𝗱𝗮𝗿 𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗮 𝘃𝗲𝗻𝗱𝗲𝗿 𝗱𝗶𝗿𝗲𝘁𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗱𝗼 𝗮𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝘁𝗶𝘃𝗼.⁣
Você sabia que ⅓ dos 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗦𝘁𝗼𝗿𝗶𝗲𝘀 mais vistos são de empresas? Que 50% 𝗱𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗻𝗼 𝗺𝘂𝗻𝗱𝗼 𝗶𝗻𝘁𝗲𝗶𝗿𝗼 𝗰𝗿𝗶𝗮𝗺 𝗽𝗲𝗹𝗼 𝗺𝗲𝗻𝗼𝘀 𝘂𝗺 𝘀𝘁𝗼𝗿𝘆 𝗽𝗼𝗿 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗹𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲? Que 96% dos profissionais de #Marketing entrevistados pelo Facebook nos EUA têm planos de continuar usando anúncios em histórias nos próximos seis meses?⁣
𝗖𝗵𝗲𝗴𝗮 𝗱𝗲 𝗳𝗶𝗰𝗮𝗿 𝗲𝗺 𝗽â𝗻𝗶𝗰𝗼 𝗰𝗼𝗺 𝗮𝘀 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗴𝗲𝗻𝘀 𝗿𝗲𝗰𝗲𝗯𝗶𝗱𝗮𝘀 𝗽𝗲𝗹𝗮𝘀 𝗿𝗲𝗱𝗲𝘀 𝘀𝗼𝗰𝗶𝗮𝗶𝘀! 😱 Mensagens automáticas podem te ajudar a conversar melhor com o consumidor, mas há alguns detalhes que você precisa considerar:⁣
É hora de deixar pra trás o "não faço ideia do que escrever". Você está preparada para criar anúncios, páginas de venda, posts e e-mails com base em dados e foco em conversão?
𝗤𝘂𝗮𝗹𝗾𝘂𝗲𝗿 𝗽𝗲𝗿𝗳𝗶𝗹 𝗽𝗼𝗱𝗲 𝘀𝗲 𝗶𝗻𝘀𝗰𝗿𝗲𝘃𝗲𝗿 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝘀𝗲𝗿 𝘃𝗲𝗿𝗶𝗳𝗶𝗰𝗮𝗱𝗼 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺. O processo de solicitação é até simples. 𝗦𝗲𝗿 𝗮𝗽𝗿𝗼𝘃𝗮𝗱𝗼 é 𝗼 𝗰𝗼𝗺𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝗱𝗼. Veja como solicitar o selo:⁣
Em dezembro/2020, principalmente na semana do Natal, a Knewin (empresa de monitoramento de notícias e #MídiasSociais) verificou os assuntos mais comentados no Twitter. Vem ver o que mais repercutiu.