Quer aprofundar seus conhecimentos em mídias sociais?

Então você decidiu que vai começar a investir mais em marketing digital. Foi fazer sua pesquisa para decidir onde depositar seu dinheiro e descobriu que há várias opções e muitas fórmulas mágicas que te prometem alcançar fama, glória e riqueza em poucos meses. Antes de mais nada preciso te dizer que não é assim que funciona. As fórmulas mágicas, templates prontos e outras invencionices servem um único propósito: enriquecer quem as vende.

Dentro do universo do marketing digital você pode fazer campanhas pagas em rede de pesquisa, pode alcançar clientes em potencial por meio de newsletters, pode atrair visitantes para seu site publicando um blog, e pode construir a presença da sua marca em mídias sociais. É sobre esse tópico que eu vou falar.

Depois de mais de uma década trabalhando com a presença de marcas em mídias sociais o que eu aprendi é que: a) sempre vai ter alguém para te dizer que qualquer um pode fazer mídias sociais; b) sempre vai ter alguém para te dizer que existe outra opção melhor; e c) se você não conhecer bem o mercado, vai acabar jogando dinheiro fora.

Para que nada disso aconteça com você, aqui vão 7 benefícios das mídias sociais que você não pode ignorar:

1) O custo-benefício

Nas mídias sociais você pode publicar quando quiser ou precisar, as plataformas são gratuitas não só para publicar, mas também para trocar mensagens com pessoas interessadas no seu produto, criar relacionamento com seus clientes e mostrar o dia a dia da sua empresa. E, quando você for usar os recursos de campanhas pagas, o retorno por cada R$1 investido tem potencial para ser muito maior que em outras plataformas.

2) A autenticidade

Como você pode publicar sem custos exorbitantes, abre-se aqui a possibilidade de contar sobre sua marca, sua história e os principais diferenciais dos seus produtos. Isso tudo, além de ajudar na construção do relacionamento, faz com que as pessoas impactadas por suas campanhas pagas possam confiar na sua entrega ao fazer uma compra, mesmo que elas nunca tenham tido contato com seus produtos anteriormente. Está tudo ali no seu perfil, fácil de acessar e de conhecer você.

3) O apoio às ações em outras plataformas

Se sua marca está presente em campanhas de rádio, TV, mídia impressa, redes de display, e etc., há grandes chances de que uma pessoa interessada vá buscar por você nas mídias sociais para saber mais sobre o produto ou serviço anunciado ou abrir uma conversa para tirar dúvidas. Neste momento é fundamental ter uma presença consolidada por meio de publicações no seu feed e stories.

4) O espaço aberto para expor sua criatividade

Os dados que você pode coletar por meio das mídias sociais podem ajudar você a entender o que funciona melhor com seu público, e o melhor é poder testar diferentes abordagens criativas sem grandes custos e medo. Um bom exemplo é o recurso de stories, um espaço em que você pode criar e inventar e tudo vai embora em 24 horas.

5) O atendimento ao cliente

Esqueça aquela plataforma caríssima e difícil de usar e aproveite que 63% dos consumidores esperam encontrar um SAC via mídias sociais para estar em contato direto com as pessoas. Essa é, talvez, um dos pontos mais interessantes de marcas em mídias sociais: seu consumidor não precisa sair de onde já está para solicitar um atendimento, e as marcas passam a fazer parte do dia a dia das pessoas de uma forma que nunca antes foi possível.

6) A comunidade

Quando sua empresa está ativa nas mídias sociais, publicando conteúdos de alto valor e criando conversar significativas com as pessoas, cada consumidor que comente ou compartilhe uma de suas publicações automaticamente é uma pessoa a mais endossando a sua marca. O retorno de ter uma comunidade engajada e ativa? Pode ter certeza de que é muito maior do que podemos alcançar via campanhas, além de facilitar o processo de vendas.

7) O posicionamento mais alto nas pesquisas

De que adianta você ter um site bonitão e um blog super bem escrito se ninguém vê o que você publica? Um dos fatores que ajudam sites a terem melhor posição nos resultados do Google (ou Bing, etc.) é o tráfego que aquele site atrai e as origens desse tráfego. Assim, se você compartilhar cada nova publicação do blog com sua comunidade engajada e criar uma campanha com uma verba acessível, seu site ganhará relevância com o passar do tempo.

Dados via e via.

Quem escreveu este post?

Mariana Klein

Fundadora da Petit Mídias Sociais, Professora de Marketing Digital e Consultora de Mídias Sociais com mais de uma década de experiência.

Sou Mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é   Performance de Campanhas em Mídias Digitais (Social Ads, Google Ads, Native Ads), com mais de 250 clientes já atendidos em toda a América Latina.   Sou professora há quase 20 anos, atualmente na disciplina de  Marketing Digital na Especialização em Comunicação e Marketing Estratégico  (Faculdade Senac Porto Alegre) e na disciplina de  Métricas de Mídias Sociais no MBA em Mídias Sociais Digitais  (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS). 

Quem escreve o blog?

Oi, eu sou a Mariana Klein, fundadora da Petit Mídias Sociais.
Sou Mestre em Administração pela Univ. Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e minha especialidade é Performance de Campanhas em Mídias Digitais, com 250+ clientes já atendidos na América Latina.
Sou professora (há 20~ anos), atualmente leciono as disciplinas de Marketing Digital e Métricas em Mídias Sociais em programas de Pós-Graduação  em Comunicação e Marketing Estratégico (Faculdade Senac Porto Alegre) e no MBA em Mídias Sociais (Universidade Franciscana – Santa Maria / RS), respectivamente.

Instagram
Fazer 𝘂𝗺𝗮 𝗯𝗼𝗮 𝗹𝗶𝘀𝘁𝗮 𝗱𝗲 𝗲𝗺𝗮𝗶𝗹𝘀 é essencial para sua #EstratégiaDeEmailMarketing dar certo. Por isso, é preciso construí-la organicamente, com a autorização dos contatos, e fugir de artimanhas como a compra de listas prontas, que só trazem prejuízos.⁣
Com um bilhão de pessoas usando o Instagram todos os meses, ele é uma 𝗽𝗹𝗮𝘁𝗮𝗳𝗼𝗿𝗺𝗮 𝗰𝗼𝗺 𝗴𝗿𝗮𝗻𝗱𝗲 𝗽𝗼𝘁𝗲𝗻𝗰𝗶𝗮𝗹 𝗱𝗲 𝗥𝗢𝗜. Mas para colher os frutos, você não precisa apenas de um público, você precisa de envolvimento (comentários, compartilhamentos, curtidas, etc.).⁣
Mais uma vez o 𝐖𝐡𝐚𝐭𝐬𝐀𝐩𝐩 está no topo do ranking dos apps mais populares no Brasil. De acordo com os dados do Digital in Brazil 2021, do We Are Social e Hootsuite, ele é o 2° app mais usado por aqui - 91% das pessoas usam o app mensalmente. Ele fica atrás apenas do YouTube (96%). Depois deles estão o Facebook (89%) e o Instagram (86%).⁣
Muito mais que uma plataforma de compartilhamento de fotos, o Instagram lançou uma tonelada de 𝗿𝗲𝗰𝘂𝗿𝘀𝗼𝘀 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝗮𝗷𝘂𝗱𝗮𝗿 𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗮 𝘃𝗲𝗻𝗱𝗲𝗿 𝗱𝗶𝗿𝗲𝘁𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗱𝗼 𝗮𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝘁𝗶𝘃𝗼.⁣
Você sabia que ⅓ dos 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗦𝘁𝗼𝗿𝗶𝗲𝘀 mais vistos são de empresas? Que 50% 𝗱𝗮𝘀 𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲𝘀𝗮𝘀 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺 𝗻𝗼 𝗺𝘂𝗻𝗱𝗼 𝗶𝗻𝘁𝗲𝗶𝗿𝗼 𝗰𝗿𝗶𝗮𝗺 𝗽𝗲𝗹𝗼 𝗺𝗲𝗻𝗼𝘀 𝘂𝗺 𝘀𝘁𝗼𝗿𝘆 𝗽𝗼𝗿 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗹𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲? Que 96% dos profissionais de #Marketing entrevistados pelo Facebook nos EUA têm planos de continuar usando anúncios em histórias nos próximos seis meses?⁣
𝗖𝗵𝗲𝗴𝗮 𝗱𝗲 𝗳𝗶𝗰𝗮𝗿 𝗲𝗺 𝗽â𝗻𝗶𝗰𝗼 𝗰𝗼𝗺 𝗮𝘀 𝗺𝗲𝗻𝘀𝗮𝗴𝗲𝗻𝘀 𝗿𝗲𝗰𝗲𝗯𝗶𝗱𝗮𝘀 𝗽𝗲𝗹𝗮𝘀 𝗿𝗲𝗱𝗲𝘀 𝘀𝗼𝗰𝗶𝗮𝗶𝘀! 😱 Mensagens automáticas podem te ajudar a conversar melhor com o consumidor, mas há alguns detalhes que você precisa considerar:⁣
É hora de deixar pra trás o "não faço ideia do que escrever". Você está preparada para criar anúncios, páginas de venda, posts e e-mails com base em dados e foco em conversão?
𝗤𝘂𝗮𝗹𝗾𝘂𝗲𝗿 𝗽𝗲𝗿𝗳𝗶𝗹 𝗽𝗼𝗱𝗲 𝘀𝗲 𝗶𝗻𝘀𝗰𝗿𝗲𝘃𝗲𝗿 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝘀𝗲𝗿 𝘃𝗲𝗿𝗶𝗳𝗶𝗰𝗮𝗱𝗼 𝗻𝗼 𝗜𝗻𝘀𝘁𝗮𝗴𝗿𝗮𝗺. O processo de solicitação é até simples. 𝗦𝗲𝗿 𝗮𝗽𝗿𝗼𝘃𝗮𝗱𝗼 é 𝗼 𝗰𝗼𝗺𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝗱𝗼. Veja como solicitar o selo:⁣
Em dezembro/2020, principalmente na semana do Natal, a Knewin (empresa de monitoramento de notícias e #MídiasSociais) verificou os assuntos mais comentados no Twitter. Vem ver o que mais repercutiu.